7 dicas para aproveitar a neve

7 dicas para aproveitar a neve

Que aventura para uma criança ver a neve pela primeira vez! Descubra os conselhos dos cadernos dos pais da revista Popi para acompanhá-lo durante esse grande momento e surpreendê-lo com ele ...

Emoções

  • Os telhados das casas e as árvores cobertas com um jaleco branco, um pardal que cava um pequeno buraco na neve para procurar comida, um cachorro erguendo feixes de flocos enquanto bufa ... Um novo espetáculo para o seu filho, diferente dele ambiente de vida habitual. Essa novidade desperta nele todo tipo de emoções, admiração, espanto e, às vezes, algumas preocupação. Daí a importância de sua presença ao seu lado quando ele se esfrega nesse novo ambiente.

Frio

  • Para ele benefício as alegrias da neve sem se molhar ou com frio, lembre-se de proteger seu filho do frio. Plano de cuecas (cuecas e calças justas), velo, roupa de esqui, luvas impermeáveis, capuz, botas de pele.
  • Não se esqueça de cobrir o rosto e os lábios com um creme protetor para evitar queimaduras solares e rachaduras. Equipe-o com óculos de sol para que ele não sofra com a reverberação do sol na neve.

Jogos

  • Sua missão? Apresente ao seu filho todos os recursos divertidos oferecidos por um caminho ou campo nevado. Enquanto caminha, faça-o notar as pegadas que seus pezinhos deixam na neve. Nada o encanta tanto quanto marcar o mundo ao seu redor com seus traços e, assim, sentir uma sentimento de controle, de poder.
  • Faça bolas de neve leves e não muito compactas e jogue-as suavemente. Convide-o a retribuir o favor. É tão engraçado atacar papai ou mamãe para rir! Enrole na neve macia como algodão. Construa com ele um boneco de neve ou um pequeno iglu: ele será o mais orgulhoso dos construtores.

Luge

  • Para oferecer a ele suas primeiras sensações de planar, escolha uma tobogã confortável, com um arquivo pequeno. Enrole as pernas em um cobertura porque perto do chão a temperatura é mais baixa. E aqui vamos nós! Comece por andar de trenó em terreno plano, longe das pistas usadas pelos esquiadores para evitar o risco de colisão. Se ele não estiver com medo e pedir mais, entre no tobogã com ele e comece com uma leve inclinação. A velocidade, o vento em suas bochechas, a impressão de que nada pode detê-lo: basta para provocar euforia e excitação.

Caminhada

  • Andar na neve é ​​um desafio para uma criança. Não apenas o chão afunda sob seus pés, mas, além disso, ele se esforça para executar os movimentos de caminhar, todo envolvido por estar de terno e botas! Para que não caia com muita frequência,apoiá-lo: Agache-se na altura dele, segure uma das mãos com uma mão e coloque a outra sob as nádegas. Assim, se estiver desequilibrado, pode contar com a palma da mão como banquinho.

Significado

  • Na neve todos os seus sentidos estão acordados ! O olhar é tão magnético por essa brancura até onde os olhos podem ver. A audição é solicitada pelo som da neve esmagando sob os sapatos, o rangido dos galhos, os sons abafados e abafados. O toque, é claro, também é convocado: que matéria misteriosa, essa neve, dura quando compacta e líquida quando é mantida por muito tempo em suas mãos ...

Vocabulário

  • Tantas descobertas que podem ser acompanhadas por palavras: "está frio", "está molhado", "derrete", "os flocos" ... Nesse contexto de prazer e emoções, as palavras serão impressas a memória dele. E permitirá que ele conte suas aventuras, uma vez em casa, muito quente!

Texto: Isabelle Gravillon. Agradecimentos a Anne Gatecel, psicóloga e terapeuta psicomotora. Suplemento aos pais, Popi, fevereiro de 2016