5 dicas para garantir um quarto saudável para o meu bebê

5 dicas para garantir um quarto saudável para o meu bebê

Muitos produtos de decoração e decoração contêm vários produtos químicos que se difundem no ar ambiente, às vezes por anos. Bebês e crianças pequenas são particularmente sensíveis, a vigilância é a regra.

  • Você organizará o quarto do seu futuro bebê ou renovará o quarto do maior? Aproveite a oportunidade para escolher os materiais certos e dar a eles o melhor ambiente possível. Muitos produtos de decoração e decoração contêm uma variedade de substâncias químicas que se difundem no ar circundante, às vezes por muitos anos. Como bebês e crianças pequenas são particularmente sensíveis, a vigilância é a regra.
  • Na composição de materiais modernos, solventes, colas, aditivos específicos (mofo, antibacteriano ...) liberam moléculas, algumas das quais são irritantes ou até tóxicas: os agora famosos VOCs ou compostos orgânicos voláteis. Às vezes eles se escondem onde você não os espera: em uma cola para papel de parede, na pátina decorativa de uma prateleira ... Mesmo que você tenha escolhido um piso de madeira maciça, seus esforços para respeitar o meio ambiente podem ser prejudicado pela adição de um glazer inadequado.

1. Saiba onde encontrar rótulos

  • Para manter esses COVs indesejados longe de sua casa, confie na nova regra. O Decreto nº 2011-321, de 23 de março de 2011, impõe a presença de um símbolo indicando o nível de emissão de COV no ar interno após a implementação, em todos os produtos de construção, revestimentos para pisos e tintas e vernizes.
  • Desde 1 de setembro de 2013, essa rotulagem é obrigatória para produtos novos e antigos. Classifica claramente os produtos: de A + (pouco ou nenhum poluente) a C. Esta rotulagem refere-se aos poluentes emitidos quando os produtos são espalhados e secos, e não aos presentes na abertura ou na aplicação. Daí a necessidade de arejar durante o trabalho e durante a secagem.
  • Para escolher sua pintura: você não precisa desistir da cor que gosta por medo de que seja menos saudável que o branco! Seguindo este símbolo, você fará uma boa escolha ambiental. A mesma coisa para o piso.
  • Para os móveis: esta regra não se aplica aos móveis, enquanto madeira tratada, aglomerado, compensado e plástico também são fontes de poluição. Prefira aqueles que possuem a marca NF Environnement ou European Ecolabel, garantindo uma melhor segurança.
  • Pense também na entrevista subsequente: será mais fácil limpar uma mancha em uma tinta acetinada do que em uma tinta fosca. Se puder, evite o tapete do quarto de uma criança porque, a menos que seja sugado cuidadosamente todos os dias, ele tem uma tendência infeliz de abrigar os ácaros.

1 2 3