Grávida, proteja seus dentes

Grávida, proteja seus dentes

A cárie é uma doença bacteriana, infecciosa e transmissível. Para limitar o risco de transmissão entre a mãe e a criança, a Associação Francesa de Odontologia recomenda uma verificação oral no quarto mês de gravidez.

Um carinho a ser levado a sério

  • O aparecimento de cáries durante a gravidez não é incomum: pode resultar de mudanças no comportamento alimentar, mordiscando alimentos açucarados, mas também náuseas e vômitos que acidificam o pH da boca.
  • Quando não é tratado adequadamente, a mãe corre o risco de transmitir a cárie para o filho, beijando-a ou provando seu mingau ou mamadeira.
  • No momento do aparecimento do primeiro molar, entre 18 e 30 meses, o esmalte dos dentes é imaturo e frágil. A criança é particularmente suscetível à contaminação por bactérias cariogênicas da mãe.

Como as cavidades são formadas?

  • O equilíbrio da cavidade oral baseia-se em dois fenômenos: desmineralização e remineralização.
  • Uma dieta equilibrada, boa higiene dental e fluxo salivar suficiente garante harmonia entre desmineralização e remineralização.
  • Quando esse equilíbrio é quebrado, bactérias cariogênicas proliferam anormalmente, resultando na formação de cárie dentária.

Como proteger os dentes?

  • Limitar o consumo bebidas ou alimentos ácidos.
  • Após vômito, refluxo gástrico ou consumir um alimento ácido, escovando bem os dentes.
  • Use uma pasta de dente pouco abrasivo e uma escova macia.

Frédérique Odasso

Grávida, cuidado com os dentes. Nosso artigo.