Cordão umbilical: um fio da vida

Cordão umbilical: um fio da vida

Mais do que um elo entre você e seu futuro bebê, o cordão umbilical é um cabo de alimentação que envia ao bebê tudo o que ele precisa (oxigênio, nutrientes ...) e permite que ele se livre de seus resíduos. Estamos avaliando esse sistema comercial eficiente.

Quando é formado o cordão umbilical?

  • Logo após a concepção, o rápido crescimento do seu bebê requer o estabelecimento de um sistema de troca eficiente. Desde o primeiro mês, o embrião, aninhado no revestimento do útero, pendura uma pequena ventosa onde a placenta logo se formará. A partir desse acessório, desenvolve-se um cordão que permite que o bebê brinque no estômago sem cortar os elementos essenciais ao seu crescimento.

Para que serve?

  • Para entender bem, vamos primeiro olhar para a situação dele. Uma extremidade do cordão umbilical está ancorada na bainha (ânion) da placenta, a outra é confundida com a pele do seu futuro bebê.
  • O cordão umbilical é um cordão grande revestido com um tipo de gelatina protetora, chamada tecido conjuntivo. Dentro deste cabo, circulam uma veia e duas artérias. A veia umbilical envia ao bebê oxigênio, água, minerais e vários nutrientes que a placenta processou e armazenou para ele. Em troca, pelas artérias umbilicais, seu bebê esvazia seus resíduos (dióxido de carbono, uréia ...) que a placenta será responsável por rejeitar seu sangue. O fluxo do cordão umbilical no final da gravidez pode atingir 30 litros por dia.
  • Assim conectado, seu bebê tem todos os elementos para florescer, em seu próprio ritmo, dentro de seu pequeno planeta uterino.

Como é esse cabo?

  • Durante os primeiros 3-4 meses de gravidez, o cordão umbilical ainda é bastante curto, mas grosso, porque contém as alças intestinais do bebê que aguardam até que a cavidade abdominal se desenvolva o suficiente para integrar o local.
  • Com o passar dos dias, o cordão umbilical aumenta e diminui. Também se torna mais flexível, mais flexível e torce à opção dos vagabundos do seu bebê. Daí sua aparência distorcida no nascimento.
  • Na aproximação do termo da gravidez, o cordão umbilical mede entre 50 e 70 cm de comprimento (alguns podem ser mais curtos e outros atingem mais de um metro) e cerca de 2 cm de diâmetro.

1 2 3