Notícia

24 crianças esquecidas em carros em 2 anos


A Comissão de Segurança do Consumidor (CSC) revelou que entre junho de 2007 e agosto de 2009, 24 crianças foram deixadas para trás em carros, com 5 mortes. Para evitar essas tragédias, o CSC pede às montadoras que pensem nas técnicas de aviso. (Notícias de 13/01/10)

  • Todo verão, o fenômeno dos bebês esquecidos nos carros está nas notícias. Em um estudo, a Comissão de Segurança do Consumidor revela que entre junho de 2007 e agosto de 2009, 24 casos de crianças foram esquecidos nos carros dos pais, resultando em cinco mortes.
  • O CSC recorda que, no habitáculo de um veículo, a temperatura pode aumentar, dependendo das condições meteorológicas, de 10 para 15 ° C por quarto de hora. A criança, cuja temperatura corporal aumenta três a cinco vezes mais rápido que a de um adulto, corre o risco de desidratação, convulsões e queda da pressão arterial.
  • Para evitar esses dramassoluções técnicas são raras ou inexistentes. É por isso que o CSC está convidando os fabricantes de automóveis a pensar em dispositivos de aviso em conjunto com os fabricantes de assentos de carro.
  • Finalmente, o CSC convida os pais a estarem atentos sinais de fadiga ou estresse que podem levar ao esquecimento de uma criança e aconselha-a a criar "notas autoadesivas" pessoais, colocando algo próximo à criança que é essencial para ela: por exemplo, um crachá corporativo ou uma bolsa.

Stéphanie Letellier